CAPILANO

Vamos começar a falar de atrações incríveis em Vancouver.
Na verdade o parque Capilano fica nas redondezas da cidade, mais precisamente em North Vancouver, uma província vizinha tão pertinho que você acha que está ainda em Vancouver.
É bem fácil chegar lá, basta ir ao waterfront ( bem no centro) de Vancouver e pegar o ônibus grátis para Capilano. Leva cerca de 30 minutos e você já passeia pela cidade.
Capilano é um parque idealizado pelo escocês George Mackay em 1888 , que tinha as terras que margeavam o Capilano River formando um grande cânion. A ideia era construir uma enorme ponte suspensa que atraísse pessoas para o grande parque ecológico.
A entrada do parque custa ao redor de CAD 54,00, com pequenas diferenças dependendo da idade, e dá direito ao parque inteiro que é um passeio de pelo menos meio dia. Escolha bem o dia da sua visita, porque Capilano só tem graça sem chuva.
Logo na entrada a gente entra em contato com os totens em homenagem aos povos primitivos da região. As esculturas entalhadas em madeira são muito lindas, não só pelo trabalho em si mas pelo significado de respeito pelos antepassados que é muito comum encontrar na região.
Depois você fica “de cara” com a estupenda ponte suspensa. São 137 metros de comprimento por 70 metros de altura. É alto pra caramba. Tipo um prédio com 15 andares e balança. Não vou te enganar!
Vi muita gente voltando sem coragem pra encarar, mas é super seguro. Pode ir “na fé”.
Adorei cada passo, cada vista incrível do rio lá no fundo do cânion. E você sabe amigo leitor, que não sou uma pessoa corajosa. Mesmo assim é tranquilo.
Depois de passear pela ponte, é hora de conhecer a Cliffwalk, uma passarela presa num penhasco, no meio de árvores, que tem trechos de pisos em vidro transparentes e permitem olhar o cânion e o rio abaixo. Também achei tranquilo, apesar da altura e da transparência, é cercada de uma tela lateral onde é possível se segurar. Ou agarrar, dependendo do pavor kkkkkkkk
O parque tem muitas trilhas de aventura e em algumas delas é possível aprender sobre ecologia e preservação. Há inclusive falcões treinados para demonstrações.
Uma lojinha super cara não poderia faltar, uma lanchonete e um restaurante com preços razoáveis, também completam a infraestrutura. O parque é super bem cuidado e oferece sanitários limpos, o que é ótimo.
Achei um programão, até porque eu sonhava conhecer a ponte suspensa e adorei. Acho legal combinar a visita à Capilano com a Grouse Montain que fica perto, mas isso é assunto pro próximo post.

Bye!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s