VANCOUVER!

Vamos começar logo pela cidade mais legal do Canadá!
Podemos dizer que Vancouver é a cidade mais multiétnica, acolhedora, versátil, alegre, “cool”, descolada, “friendly”, linda, agradável, com “vibe top” do país, E tudo é verdade!
Não há como resistir à Vancouver. Impossível não querer morar lá! A cidade é verde, recortada pelo oceano Pacífico, que entra sorrateiramente pelas suas entranhas fazendo baías, falsos fiords, (false creek) transformando acidade em cenários de filme. Trânsito calmo, mesmo sendo uma cidade grande, com cerca de 700 mil hab, onde é possível alcançar os destinos de bike, ou de aquataxi, bonde, trem e metro.
E ao seu redor redor “orbitam” pequenas cidades como Richmond, West Vancouver, North Vancouver, Burnaby entre outras que juntas formam a grande Vancouver.
O clima “ameno” tanto no verão como no inverno, atrai quem quer ir para o Canada mas tem medo do frio, e mesmo não sendo tão ameno assim, ainda é muito mais agradável que o resto do país.
A cidade proporciona uma qualidade de vida difícil de ver em cidades grandes. Maaaaas como nada é perfeito, Vancouver é cara! Principalmente pra morar lá, custa muito caro mesmo.
E mesmo assim, quem mora lá não quer sair e quem não mora, quer morar.
Vancouver é “gostosa”. De ver, de sentir, de comer, de passear, e de curtir!
Construída numa península que rasga o oceano Pacífico, a cidade é cheia de pontes, canais, e parques. Possui um dos maiores parques da América, o Stanley Park que é o pulmão da cidade. Mas nem precisava, porque é só você olhar ao redor pra ver árvores, e montanhas.
Vancouver é uma das principais cidade da Columbia Britânica, e originalmente fala inglês, mas hoje em dia, a cidade fala muitas línguas. Principalmente o chinês, pois a população chinesa é a maior comunidade imigrante da cidade.
Mas não se engane, Vancouver parece a capital do mundo inclusivo. Você encontra imigrantes de todas as partes do mundo. Todos vão pra lá atrás de qualidade de vida, e a cidade não decepciona.
Uma das coisas mais bonitas que observei lá é o respeito e reverência com que a cidade trata dos seus antepassados índios. É comum você ver lá nomes de lugares, monumentos, totens, se referindo aos nativos da região. Nomes como inuítes ( esquimós), métis ( mestiços), sinixt, Kelowa, Kamloop, Okanagan estão presentes no dia a dia e sempre mencionam que Vancouver esta situada em “terras não cedidas dos índios”.
Isso é Vancouver, uma cidade pra e de todos, chineses, índios, americanos, brasileiros, e até canadenses. Onde cuidar da saúde do corpo e da mente é uma prioridade levada a sério, onde as pessoas querem e são felizes e onde todos sonham em morar!

Bye!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s