Bremen, uma inesperada surpresa no norte da Alemanha!

Como já disse no título, Bremen foi uma descoberta muito feliz! Já tínhamos planejado conhecer a cidade, que ficava no caminho entre Amsterdã (de onde estávamos vindo) e Berlin (nosso próximo destino), mas o que não esperávamos era encontrar uma cidade tão linda!

Bremen está fora dos destinos turísticos mais procurados e, dificilmente, turistas decidem ir à cidade para conhece-la. Principalmente porque Bremen fica à 120 km de Hamburgo, sua vizinha mais famosa que, essa sim, atrai muitos turistas. É comum encontrar em Bremen turistas vindos de Hamburgo num bate e volta de um dia (que é um bom programa também), mas não era nosso caso. Nós resolvemos pernoitar em Bremen e foi uma ótima ideia por duas razões: a cidade é linda e merece, e foi em Bremen que descobrimos que nossa máquina fotográfica havia sido roubada em Amsterdã e precisamos um tempo pra nos recuperar da perda de nossas fotos. E lembrem-se que por esse motivos não tenho fotos da cidade.

A cidade tem um passado rico, porque fez parte da Liga Hanseática, uma aliança entre Bremen, Hamburgo e Lübeck, três cidades mercantis com grandes portos que detinham o controle do comércio do norte da Europa e isso, claro, é possível perceber na arquitetura refinada do seu centro histórico.

Além disso, a cidade aparece no conto “Os Músicos de Bremen”, dos famosos autores de contos de fadas, irmãos Grim, e ficou famosa por isso.  Inclusive há na Marktplatz (praça do mercado) uma escultura em bronze, criada em 1951 pelo artista Gerhard Maecks mostrando o burro, o cachorro, o gato e o galo que, segundo o conto, eram maltratados por seu dono, resolveram fugir juntos para Bremen e tornaram-se músicos. Linda estória, né?
Mas vamos falar também de outras atrações importantes.


UNESCO Welterbe Bremer Rathaus, Bremer Dom bei Nacht, Hansestadt Bremen, Deutschland

A cidade tem um centro histórico muito bem preservado com arquitetura medieval, que é tombado pelo Patrimônio Histórico da Unesco e já foi protegido por muralhas.

A Marktplatz é o coração do bairro antigo, Altstadt, e onde aconteciam todas as atividades comerciais durante a Idade Média. Ela é lindíssima e concentra a maioria das edificações históricas da cidade.

Fica na Marktplatz, por exemplo, a Rathaus, edifício impressionante com uma arquitetura renascentista incrível que fez dele a única prefeitura do mundo listada como Patrimônio da Unesco. Se você puder, amigo leitor, estique sua visita para a noitinha para ver a Rathaus iluminada, inesquecível!

Bem em frente da Rathaus, está a estátua de Roland, um cavaleiro medieval, herói alemão, que teria sido sobrinho do grande imperador Carlos Magno, e teria lutado pela independência e liberdade de Bremen.
Ao lado da Rathaus se encontra a escultura dos Músicos de Bremen.

No outro lado da Rathaus, está a Catedral de Bremen, a St. Petri Dom. Construída no séc. XI, a igreja com duas torres pontiagudas, que já foi católica, mas depois da reforma religiosa passou a ser protestante, e em frente a ela, no outro lado da Marktplatz está a igreja de Nossa Senhora, também protestante, essa com uma torre somente.

View on the Market square with city hall, old church and beautiful buildings during the morning light in Bremen city, Germany

Além de tudo isso, ainda é possível encontrar na Marktplatz, “feirinhas” com artesanato e comida regional em alguns dias de clima quente.

Saindo um pouco da Marktplatz pelas laterais, você encontra a Böttcherstrabe, uma ruazinha de cerca de 100 metros (um beco) adorável, cercada de prédios de arquitetura misteriosa, todos de tijolinhos vermelhos. Uma delas é a Haus des Glokenspiel, um dos prédios em tijolinhos que tem na cobertura um carrilhão com 30 sinos em porcelana, precisa procurar olhando pro alto.  Na rua você encontra lojas diferentes, e restaurantes interessantes. Aliás, o centro histórico é um ótimo lugar para comer, porque são muitas as opções.

Fora do centro histórico, outro bairro dos mais antigos também, é o Schnoor, que quer dizer corda, porque era o bairro dos pescadores e marinheiros da cidade. Esse bairro, atualmente é uma charmosa atração turística, com ruas estreitas em paralelepípedos, e casinhas medievais que parecem formar um labirinto. É fácil se perder por lá, mas vale à pena se perder e curtir as lojinhas e as cafeterias.

Além disso, vale à pena conhecer o calçadão que fizeram à beira do rio, conhecido como Schlachte, onde antigamente existiam os armazéns hoje em dia você encontra uma interessante área de lazer com restaurantes e lojas.
Bremen, é tudo isso e muito mais, amigo leitor. Um encanto de cidade com povo hospitaleiro e cordial. Com muita história, arquitetura e comida boa e barata. Fica bem ao norte da Alemanha e isso significa que faz frio fora do verão, mas mesmo assim, é uma ótima ideia! Mesmo que seja só um bate e volta de Hamburgo.  
Bye!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s