Salamanca, a alegre cidade universitária da Espanha!

Antes de mais nada, preciso me desculpar pela baixa qualidade das fotos que recuperei dos meus álbuns. São fotos muito antigas por isso mesclei com outras da internet de melhor qualidade.

salamanca-espanha2

A Universidade de Salamanca é, sem sombra de dúvida, o seu maior atrativo. Não só porque ela é a mais antiga da Espanha e uma das mais antigas do mundo com 800 anos, mas porque sempre foi o lugar de inspiração de poetas, filósofos e pensadores.

salamanca-e-colegio-santo-antonio-1024x1024-2

Ainda hoje, a Universidade é o ponto de encontro de jovens acadêmicos curiosos, alegres e   barulhentos, que transformam a cidade em uma festa constante e um lugar onde você se sente muito acolhido!
Salamanca é uma cidade grande com mais de 300 mil habitantes, onde tudo gira em torno da sua Universidade, que fica no centro histórico.  E é muito fácil conhecer o centro histórico a pé, em um programa de 1 dia.
Por isso, Salamanca costuma ser um passeio debate/volta a partir de Madri. E é possível, pois Salamanca fica a cerca de 200 km de distância que podem ser percorridos de trem desde a Estação de Atocha, em Madri.  Mas eu aconselho fazer 1 pernoite em Salamanca pra poder visitar todo o seu rico centro histórico com calma e ver a Plaza Mayor à noite, que é imperdível!

d1f72b7a-8175-46ba-8b64-cba4937d4cb5

Há muitos anos, a Universidade é objeto de desejo de jovens intelectuais. E sua tradição compete igualmente com sua arquitetura belíssima e curiosa, onde é possível observar na sua fachada a figura de um sapo, que é seu símbolo maior.

A Universidade, que no início não tinha sede e que abrigava seus acadêmicos no clautro da catedral, em pouco tempo possuía duas Escuelas: Escuelas Mayores, que se referiam as faculdades de mais prestígio como Direito Canônico e Civil, Teologia e Medicina, e ainda as Escuelas Menores, que abrangiam todas as outras faculdades.

4270213960_06027f2586_b

Comece seu passeio pelas Escuelas que podem ser conhecidas por conta própria e o roteiro sugerido passa pelas antigas salas de aula, espaços solenes e finalmente a incrível biblioteca que só pode ser vista através de vidros.

f3789ac8-82a4-496f-99bc-28e7dff3425c-1

O edifício das Escuelas Menores tem um pátio interno que lembra muito um clautro e é um “oásis” de calma no meio do vai e vem dos estudantes.

salamanca-catedral-nova-coro-marcio-masulino-8483-9hx-web-1024x683-1

Também no centro histórico, você alcança as Catedrais (assim mesmo, no plural). A Catedral nova e a Catedral velha, são duas igrejas contíguas que podem ser visitadas com uma só entrada. As duas são lindíssimas, sendo a velha menor e mais intimista, mas valem o ingresso.

p2260088

E, além dela, você pode acessar o Ieronimus, um tipo de elevado que passa por dentro das catedrais e oferece as mais lindas vistas da cidade. Haverá algumas escadinhas íngremes, mas vale à pena!

fachada_casa_de_las_conchas_2

Depois disso, saia batendo pernas pelas ruazinhas, e logo vai encontrar a casa de las conchas, um edifício com arquitetura curiosa famoso na cidade pelas suas paredes repletas de conchas.

f5dff1e7-7baa-4fbb-a30b-18d334280d52

Estando no centro histórico, vale à pena conhecer o Convento de las Dueñas. O Convento, fundado em 1419 por Luana Rodriguez Maldonado tinha por objetivo abrigar as senhoras nobres na aposentadoria (por isso chamam-no Las Dueñas),) logo passou às freiras dominicanas e possui o mais lindo clautro de toda a Espanha!

Depois disso, caminhe até a Plaza Mayor, pra mim, a mais linda da Espanha! Se for de dia, aproveite e almoce por lá, tem restaurantes ótimos, mas, se você resolver pernoitar, volte à noite para fotografar. Sua iluminação é lindíssima!

visitar-salamanca-2

Depois do almoço, com as pernas descansadas, aproveite para caminhar até a Ponte Romana, herança que legiões romanas deixaram na região. Ela fica fora do centro histórico mas oferece uma vista completamente diferente da cidade de Salamanca.
Se você resolver pernoitar, procure um hotel que fique próximo do centro histórico de maneira que consiga perambular a pé por suas encantadoras ruelas. Principalmente à noite, quando a “muvuca” dos estudantes diminui e é possível fotografar melhor.

dsc03119
Mas apesar da “muvuca” dos estudantes e até por causa dela, Salamanca tem um astral incrível. Animada e colorida, a cidade é aberta e acolhedora. Vale pelo menos um bate/volta!
Bye!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s