A universitária Heidelberg!

universidade-de-heidelberg

A cidade romântica do Platinado, ( Platinado é uma grande área que englobava os territórios ao longo do rio Reno) como assim a chamam, me atraiu mais por ter a universidade mais antiga da Alemanha. Fundada em 1346 a universidade conta hoje com 40 mil estudantes e dela já saíram 5 prêmios Nobel. É uma potencia cultural. Além disso, possui a mais antiga Faculdade de Farmácia da Alemanha e uma das mais antigas do mundo o que me interessa particularmente pois sou farmacêutica.

863e4c42-b9b7-42c7-9106-55f4271e6774

A cidade sempre atraiu escritores, poetas e artistas e por isso a chamam de “a cidade do romance” e por muito tempo esteve envolvida na reforma protestante tendo acolhido Martinho Lutero em 1518.
Heidelberg é linda! Com ou sem títulos, sua história e arquitetura encantam mesmo quando você a conhece em dias de chuva e frio como foi meu caso.

123f5c76-d87f-4c58-a3f1-da3cb816be7b

Situada às margens do rio Neckar, Heidelberg foi uma das raras cidades preservadas dos bombardeios durante a guerra e tem muitas atrações e merece mais que o bate/volta comum dos roteiros turísticos.

346642-heidelberg

A cidade tem um centro histórico estupendo que é o bairro de Altstadt onde ficam a Universidade, o Castelo as mais lindas igrejas, a ponte famosa, a linda praça, a antiga ponte que virou atração histórica, e um movimentado comércio com lojas bares e restaurantes.

Seria o local ideal para se hospedar, mas existem algumas restrições para transito de carros, sendo inclusive proibido em algumas delas, então nós escolhemos um airBnb fora do Altstadt mas bem perto da estação central de trem. Não tenho certeza de que tenha sido a melhor opção, porque se por um lado tínhamos facilidade para chegar e sair da cidade de carro e ainda a Estação de trem possuir uma boa área pra alimentação onde você acha tudo que precisa, além ficar ao lado do Info turístico,  a região não tem nada de interessante. A Heidelberg bonita fica no Altstadt, e a uma distância considerável do nosso apê e precisávamos pegar o trem todo dia. Então fica aqui os prós e contras, pra você decidir, ok?

heidelberg-31-730x913

Bem, vamos para o Altstadt porque é lá que estão as mais lindas atrações da cidade. Comece pelo castelo, que é a tração que fica mais longe, e depois venha “descendo” as ruas e conhecendo a a cidade aos poucos.

3817f132-c8a6-4e80-9f60-69c1a8d9bbbe

O Castelo e Heidelberg  fica no alto da montanha Köningstuhl e pode ser visto de todo o centro histórico. Para subir e conhece-lo, você pode pegar um funicular logo abaixo da montanha que leva ao castelo na primeira parada e ao topo da montanha na segunda. Os tickets tem preços diferentes para 1 ou 2 paradas. Nós ficamos no castelo porque o vento frio nos desencorajou à subir mais.  Também é possível subir à pé.

O castelo tem arquitetura medieval gótica, em pedras vermelhas e impressiona pelo tamanho. As visitas turísticas são bem estruturadas e organizadas. Foi parcialmente destruído pelos franceses em 1689 e depois reconstruído também parcialmente. No seu interior é possível conhecer o maior barril de vinho do mundo com capacidade para 220 mil litros e “guardado” pela figura de um anão, que dizem ter sido nomeado pra isso.

No castelo também há o Museu da Farmácia que é interessantíssimo, apesar de estar num labirinto apertado. Você pode ver desde antigos armários de drogas, balanças, vidraria, anúncios antigos de medicamentos, cenas montadas da época e laboratórios artesanais. Incrível!

Além dessas duas atrações ainda há os jardins bem cuidados e a maior atração de todas que é a vista para a cidade de Heidelberg. Show!

heidelberg05

Depois da visita ao castelo, você começa a percorrer o bairro antigo e logo chega a uma linda praça a Kornmarkt,  com uma fonte que sustenta a imagem da Madona e é considerada uma das mais lindas praças da Alemanha.

marktplatz-heidelberg-alemanha-1

Andando um pouquinho mais você chega a Marktplaz com lindas construções históricas e duas igrejas: a igreja Jesuíta e a igreja Evangélica.
Deixe o bairro histórico pra depois e vire à direita em direção ao rio Neckar. Logo você avistará ponte velha que junto com o castelo são as atrações mais visitadas.

A Ponte Alte Brücke foi construída em 1788 sobre o rio Neckar em estilo romântico é um cartão postal. Seu portal com duas torres altas, chamado Brückentor tem logo à frente a escultura estilizada de um macaco, a Bruckenaffe que carrega um espelho na mão. Diz uma lenda que quem passar a mão no espelho, voltará a Heidelberg.
Se você atravessar a ponte, poderá visitar do outro lado, o “caminho dos poetas” que é uma espécie de trilha onde é possível fazer as mais lindas fotos da cidade com o castelo pairando sobre ela.

Depois disso, atravesse a ponte novamente, voltando ao centro histórico para perder-se nas ruas lindinhas e na Hauptstrasse, a maior rua de pedestres de toda a Alemanha. Nela você encontra de tudo, lojas, restaurantes, cafeterias, choperias e principalmente, muita animação! Reserve um bom tempo para curtir o centro histórico porque ele é o máximo.
Nós ficamos 3 dias em Heidelberg, mas aproveitamos também para conhecer os castelos dos arredores, dentre os quais o Schwetzingen, que já foi assunto de outro post.

Durante todo o período que estivemos em Heidelberg, choveu e fez muito frio, mas mesmo assim adoramos a cidade. O frio não afugentou os turistas e que lotavam as ruas e a animação por conta dos universitários era garantida. A cidade não é somente linda, é romântica e imperdível!
Bye!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s