Speyer, a alemazinha centenária tem muita história pra contar!

34dae736-0721-4709-93d2-c078feaaf3d1

Chegamos à Speyer ou Spira numa manha de muita chuva. Daquelas em que precisamos recorrer as nossas capas andinas, trazidas do Peru.
Mas, como aventureiros não desistem fácil, colocamos nossas capas e começamos a “bater pernas” na chuva.
Logo precisamos voltar para o carro, porque nos tornamos aventureiros com os pés encharcados. Confesso que a vontade de voltar “pra casa” e tomar um chocolate quente em frente a TV era grande, mas nossa intuição (e o info  de Heidelberg) dizia que aquela era uma alemãzinha que valeria à pena e resolvemos tentar conhecer pelo menos de carro.

82bf83a0-462c-4092-8ba5-d0630daebc21-1

Chegamos à rua principal da cidade,  a Maximiliansstrasse, uma larga alameda com uma maravilhosa igreja ao fundo e pronto, foi amor à primeira vista e resolvemos parar o carro e enfrentar a chuva.
E foi assim que misteriosamente a chuva deu uma trégua e nos permitiu conhecer uma das cidades mais encantadoras da Alemanha.

3053

Speyer, fica no estado da Renânia-Palatinado, bem pertinho de Heidelberg, e é bem pequena, com pouco mais de 50 mil habitantes, mas tem muita história pra contar.
Fundada por romanos que a chamaram de Noviomagus, era pra eles, a cidade mais importante do alto Reno e é uma das cidades mais antigas da Alemanha.

3071748282_47423ca31c_z

Speyer tem muitas atrações turísticas mesmo sendo pequena, como lindos lagos, ciclovias impecáveis, um surpreendente museu tecnológico, centro histórico medieval super bem preservado, comércio forte, gastronomia inesquecível e a maior igreja romântica preservada do mundo!

466a5241-8438-4843-949a-edb19fcc1607-2

A igreja é uma joia construída entre 1030 e 1124, e desde 1981, é Patrimônio Mundial da Unesco. Consegue imaginar o impacto disso, amigo leitor, numa cidadezinha de 50 mil hab? É incrível!

E a Catedral da Virgem Maria além de linda, por dentro e por fora, com muitos detalhes arquitetônicos e criptas, que foram destruídos e reconstruídos várias vezes, por causa das guerras, também é enorme e coroa a linda avenida Maximiliansstrasse que atravessa o centro histórico.

A Maximiliansstrasse que concentra um comércio delicioso, com muitas confeitarias, restaurantes, lojas de vestuário tem de um lado a igreja e na outra ponta o Altpörtel o portão da cidade medieval, um dos maiores da Alemanha com 55m de altura e é uma das 68 torres que originalmente cercavam a cidade.

one-of-the-small-lane-1

Speyer tem um passado turbulento apesar da tranquilidade de suas ruas, pois foi sede de assembleias políticas do Sacro Império Romano-Germânico ( chamadas de dieta de Speyer), que em 1526 um grupo decretou a tolerância pelas doutrinas de Martinho Lutero.

Pouco tempo depois, frente a um decreto imperial que tornava Martinho Lutero e seus ensinamentos, como fora da lei, o grupo de Speyer protestou dando origem ao termo protestantes.

Além desse fato histórico, conta uma lenda, que Speyer é a “capital e criadora da rosquinha típica alemã: o Brezel!!!

1776639_101-1

Pra quem pensa que a iguaria, nasceu na Baviera, os moradores de Speyer, contestam dizendo que nasceu na cidade e que até no pórtico da catedral, um anjo segura nas suas mãos um brezel!
Verdade ou lenda, o brezel de Speyer é especial mesmo e onipresente nas mãos dos turistas que passeiam pela cidade ou sentam pra tomar uma gelada!

E por falar em comida, não poderia deixar de fazer uma “menção honrosa” à um restaurante da cidade: o Domhof. O restaurante, que também é hotel, fica bem ao lado da catedral e é fácil de achar. Se você ficar na porta da catedral, de costas pra ela e de frente à Maximiliansstrasse, é só olhar a sua direita, que você o encontrará.

16c3d49d-955f-40a0-bba6-12595ccda8c6

O restaurante é centenário e serve a mais deliciosa culinária alemã que provamos nessa viagem. Desde as deliciosas Wursts ao inevitável ( pra mim) schnitzel, tudo é delicioso e barato!

a

Amamos Speyer!  Tanto que minha dica se você for à região do Palatinado pra conhecer Heidelberg e não tiver muito tempo disponível, aborte todas as outras cidadezinhas e atrações e vá à Speyer. Tenho certeza que não vai se arrepender!
Bye!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s