A Fascinante Cultura Árabe!

Amigo leitor, como você já sabe, fiz uma longo cruzeiro ao oriente, começando pelo oriente médio. E enquanto navegava, aproveitei para escrever sobre minhas primeiras impressões sobre tão diferentes culturas. Agora, depois de voltar ao Brasil, resolvi publica-las para dar uma ideia do que senti a respeito do que vi, deixando para mais tarde, escrever um post sobre cada lugar com dicas e detalhes.
Então, começamos pela cultura árabe.

dae2a2bc3e990cc9b0d3a8dfa726d409

Eu já tinha uma ideia de que iria me surpreender com o mundo árabe, mas não poderia saber realmente o quanto ele é interessante!  E quando falo em “mundo árabe”, me refiro aqui principalmente aos Emirados Árabes Unidos (EAU), que compreende entre outros, Dubai, Omã, Abu Dhabi, Sir Bani Yas Is.

7cd768bf-ac4c-4ef3-aaf8-1d8eb4f865ff

Me surpreendi principalmente comigo! Por acha-los tão interessantes e até encantadores! Obviamente que nada é perfeito, e assim como a cultura árabe tem muitas coisas legais, tem também coisas que são difíceis pra nós, entender, mas isso não invalida o encantamento que a sua cultura causa em mim.
Sabe aquelas estórias das mil e uma noites? Aqueles filmes com Xeques, camelos e desertos? Então, acho que ficaram no meu imaginário e acabaram por me colocar no meio da cultura deles, que mesmo tão diferente da minha, não me causou nenhuma estranheza, ao contrário.

Cultura-Árabe-3

Vamos começar falando da indumentária deles, que faz todo o sentido quando pensamos no clima que suportam. Os homens usam muito o camisolão branco com o pano xadrez na cabeça. É básico e comum. É super confortável e muito charmoso! O branco suavisa o calor, e permite mais movimento. O pano na cabeça, obviamente protege contra o sol escaldante, e aquela cordinha preta o mantém no lugar.

image_gallery

E gente, eles ficam muito bonitos vestidos assim, juro! Claro que o casisolão branco largo, disfarça tudo, e o pano na cabeça, esconde o cabelo que não seja lega, então, fica tudo charmoso!

e6fc0570-5007-4696-b871-6a2ea6c04204

 Mas claro que as mulheres sofrem com a baia (camisolão preto), com turbante e as vezes com a burca. Porque, o preto que usam pra que não seja transparente, esquenta muito, e o turbante que cobre a cabeça, também.  Usei para visitar a grande mesquita, e realmente no sol, fica insuportável.  Mas a ideia ocidental de que as mulheres são sacrificadas, não é tão verdadeira nos Emirados. Elas se sentem seguras e o são. São protegidas, mimadas, e frequentemente gastam muito. Então, é um erro olhar para a cultura deles com os olhos da nossa.
Mas, como nem tudo é perfeito, eles costumam usar sandálias abertas e os pés são muito sujos. Também, nem todos os árabes são respeitosos com suas mulheres, e muitos não são cheirosos por causa do calor, mas nossa cultura também não é perfeita, né?

Ethar_4_Copyright_OMA___Inside_Outside

Em compensação, a criminalidade nos Emirados é quase zero! É uma região super segura, inclusive para mulheres sozinhas. Eles são respeitosos e educados, e principalmente tem uma adoração especial pela família real e todos os seus descendentes. E com razão, porque o Sheik Zaíde, reuniu os países árabes quando o Reino Unido resolveu que não poderia mais protege-los, e criou uma nova nação (EAU), rica e próspera. E isso aconteceu em 1971, quer dizer, ontem!!!

Sheikh-Zayed-Al-Nahyan-600x500_c

Obviamente que o petróleo ajudou muito, mas ele já estava aqui quando a região era controlada pela Grand Bretanha, e não foi explorado! Então, o Sheik Zaíde é adorado como um visionário e ele o foi ( porque já morreu), e os descendentes, continuam com a mesma visão:  construir uma nação ímpar.

img_3385

E como eles investem nisso! É de ficar pasmo assistir a tanto progresso, modernidade e riqueza! Claro que quase sempre tem muita ostentação. Tudo é superlativo nos EAU, nas descrições das obras ou lugares são sempre “o melhor, ou o maior ou mais bonito, ou o único”, e são mesmo!
Olhe alguns exemplos, o circuito de Fórmula 1 é imbatível, os hotéis são os mais altos, mais ricos e mais bonitos, os shoppings são enormes, o porto é riquíssimo, as mesquitas nem se fala, então, é difícil você ver alguma coisa que não seja superlativa nos Emirados.
É surpreendente ver como funciona um reinado, sem nenhum traço de democracia pode ser voltado para o bem comum. Usualmente, não é isso que acontece quando poucos detém o poder. Em geral, usam-no para seu próprio bem e criam em volta de si uma miséria total e não é isso que a gente vê nos Emirados.
Não é uma cidade barata, porque a explosão do turismo, acaba por subir muito os preços, e nem para os locais, pelo que me informei, é fácil. Principalmente para morar, dizem que é muito caro, mas obviamente não tenho certeza de nada disso.

tunisia-733613_960_720

O que tenho certeza é de que a cultura árabe é muito encantadora! Diferente, as vezes rústica, outras sofisticadas, ao mesmo tempo primitiva e ultramoderna. Como não se encantar com essa mistura? Impossível!
Bye!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s