Cassis, a jóia da cote d’azur!

img_3009

A pequena cidade de Cassis, consegue um feito impensável: sobressair num cenário famoso no mundo inteiro pela sua beleza e luz, a costa sul da França! Situada entre Marselhe e Toulon, a cidade fica pertinho do aeroporto de Marselhe, o maior da região o que faz com que a maioria dos turistas deem pelo menos uma passada para visitar.

porto-de-cassis4

A também chamada de Riviera Francesa, ou Côte d’Azur, é um lugar para se deslumbrar com inúmeras cidades e atrações. Nice, Marselhe, Canes, Toulon e Saint Tropez  são suas vizinhas ilustres e famosas, mas se você visitar a região, não caia na cilada de ignorar Cassis, porque é um pequeno e bem guardado segredo que apaixona à primeira vista!

Cassis é uma pequena comuna francesa com cerca de 10 mil habitantes locais, que aumenta consideravelmente no verão (julho e agosto). Cresceu à partir de um porto pesqueiro o que lhe confere um ar interiorano, digno de qualquer cidade do interior da Provence, e é repleta de ruazinhas, casinhas coloridas com varandas floridas, gente simpática e ótima comida.

Historicamente, o porto desenvolveu-se porque fazia parte da rota romana para o norte da África estabelecida pelo imperador Antonino Pio ( sempre os romanos) e mais tarde, depois da rota desativada, firmou-se como a cidade litorânea da Provence, produtora de vinhos e azeite.

mar-cassis

Então, Cassis é a Provence cor de esmeralda. Se você lembra da cor lilás quando falam da Provence, saiba que ela também é esmeralda, cor do mediterrâneo quando beija suas rochas esbranquiçadas e  caprichosamente faz um dégradé indo do translúcido ao azul anil, passando por todas as nuances do verde. Pense num cenário deslumbrante e indescritível: é Cassis!

A cidade é encantadora exatamente por ser um pouco mais que uma vila de pescadores, debruçada em penhascos, onde tudo converge para o porto lá embaixo. E na verdade o porto é bem pequeno, mas está sempre cheio de barcos coloridos, pescados frescos e muitos restaurantes.

cassis-9

Ao redor do porto, as casas são coloridas com janelas floridas mas à medida que você vai subindo as encostas, as casas se transformam em pequenos palacetes de veraneio destinadas a poucos afortunados.
As ruas continuam serpenteando morro acima, mostrando um pouco da cidade moderna com o problema mais comum da modernidade: estacionar. Esse é um sério problema em Cassis, então se você vai reservar um hotel para passar a noite, (recomendo) estacionamento é item indispensável. Principalmente no verão.

Mas o programa mais legal na cidade é largar o carro e conhecer a cidade à pé! Desça até o porto, passeie preguiçosamente entre suas lojinhas, sorveterias e restaurantes e antes de escolher um deles para almoçar, vá até a Plage de la Grande Mer ( praia do grande mar) que fica em frente ao porto. É linda e como fica bem no centro, está sempre cheia e mesmo que não tenha coragem para enfrentar o mar gelado, deixe-se hipnotizar por ele.
No portinho você encontra o Tourism Information, e pode também contratar os passeios para as Calanques, o Parque Nacional, de que já falei em outro post, que é imperdível.

76722883076ca44728f9b9f1d503d678

 

 

 

É possível agendar através do Infoturism, uma visitação com degustação à uma das vinículas nos arredores da cidade. Não deixe de provar o fresquíssimo vinho provençal! Eu adorei!

Nós” batemos pernas” até não aguentarmos mais e depois escolhemos um restaurante que pareceu mais simpático no porto para almoçar: o Le Grand Bleu. Que deliciosa surpresa! Comemos muitíssimo bem acompanhados do ótimo vinho da região.

e2dc764f-b195-4139-89f0-5c4f3e10dd55

Visitamos Cassis em junho, e a vila já estava bem cheia, mas é essa a época da florada das lavandas na Provence, então, mesmo sabendo que possivelmente encontraríamos muitos turistas na região, nem pensamos em ir em outra época. Vale à pena!

img_3019

Cassis, nos encantou logo que chegamos. A cidade é tão lindinha que pensei que fracassaria tentando descrevê-la, e admito que isso é um pouco inevitável. Talvez ela não seja tão impactante quanto suas vizinhas famosas, mas pra mim, uma vila de pescadores, com um ar provençal, banhada por um mar único, onde a vida passa mais preguiçosamente, é o cenário perfeito para férias inesquecíveis!
Bye!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s