A desconhecida Puglia!

Parte II

0fefb010-f4c1-40b0-8a7d-1bdecf707856

Alberobello

Alberobello é a cidade dos trulli ( cupula), um tipo de construção milenar, feita totalmente em pedra, sem argamassa ou madeira. É bem primitiva, mas a arte para alcançar a estabilidade da construção é admirável e reconhecida pela Unesco como patrimônio da humanidade.

4d7d7599-f43d-47b4-b8f6-61be9726b5a8

Você já deve ter visto fotografias dos trulli, mas ao vivo, aquelas casinhas brancas, redondas com telhado cinza e equilíbrio improvável, são incríveis!

img_4359

A cidade de Alberobello é pequena ( cerca de 10 mil hab), e dividida em dois bairros chamados de rione: o Aia Piccola, onde os trulli são destinados na sua maioria à residências e o rione  Monti, com ateliês e lojinhas de souvenir.

Existem guias especializados em trulli, disponíveis para tour guiados que podem ser muito interessantes, porque alguns deles são diferenciados, mas pra mim, o mais legal mesmo é você andar às cegas, simplesmente se encantando com cada forma diferente, cada pequeno jardim florido, e o cuidado evidente em canto.
Não deixe de visitar Alberobello, você sai de lá com um sorriso no rosto!

img_4378

Matera

Matera é uma cidade maior, com cerca de 60 mil hab mas também tem um centro histórico reconhecido como Patrimônio Mundial pela Unesco, que chama-se   Sasse di Matera!

Sassi em italiano significa pedra/ seixo, em Matera, os sassi são dois bairros da cidade, escavada em pedra do período paleolítico. Logo, a cidade é muito antiga, chegando a ser considerada uma das mais antigas do mundo, e já foi fonte de inspiração para muitos cineastas. Mel Gibson, por exemplo, filmou em Matera a Paixão de Cristo e mostrou a cidade para o mundo.

A cidade é dividida em 2 sassi : o Caveoso, virado para o sul, e o Barisano, para o norte, e você pode caminhar entre eles apreciando a história à céu aberto. Os dois sassi foram construídos à beira de um precipício e até os anos 50, viviam nas grutas/casas cerca de 40 mil pessoas com nível de higiene muito baixo, então, o governo ordenou a desocupação tornando Matera uma cidade praticamente fantasma.  Quando os Sassi em 93 se tornaram Patrimônio da Unesco, o turismo apareceu e cresceu transformando tudo. Muitas casas/grutas se transformaram em lojas, restaurantes e hotéis.

Matera é destino para um dia inteiro, e prepare-se para andar muito. São muitas as atrações, por isso aconselho ir antes no InfoTurism da cidade, pegar um mapa dos sassi e as ótimas indicações que eles fornecem.  Existem também os tuc tuc ( aquelas vespinhas que levam passageiros), que você pode pegar depois de andar um pouco, e ajudam a poupar as pernas nas subidas.
Não deixe de ver:  a Catedral de Matera, a cisterna na Piazza Vittorio Veneto ,as casas/grutas e a igreja de Sta Maria de Idris. As atrações vão muito além disso, vai depender de suas pernas e do tempo que você dispõe.

f32f683f-ca4b-47d3-892e-0ee866b30996

Não posso dizer que sai de Matera com sorriso no rosto como Alberobelo, nem que Matera é lindíssima, como li em muitos sites, mas com certeza, sai de lá, surpresa e feliz de ter conhecido um lugar tão diferente!
Bye!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s