A travessia dos lagos andinos!

11232-santiago-valparaiso-lagos-bariloche-buenos-aires

Continuando no Chile, hoje vamos explicar como é a travessia dos lagos andinos.
Geograficamente a região dos lagos fica na fronteira entre o Chile e a Argentina, e os lagos  chamados de andinos porque se formam a partir do degelo dos Andes, ficam parte em um país e parte no outro.

563

Toda a região é de uma beleza deslumbrante, com seu silêncio ensurdecedor e natureza exuberante, e quando você faz a travessia, tem a oportunidade de viver essa experiência única.

puerto montt bariloche

Você pode contratar a travessia ( é um pacote) saindo de Puerto Varas para San Carlos de Bariloche, ou o contrário, saindo de Bariloche e chegando em Puerto Varas.
Pode também ir por conta própria de carro mas não aconselho, porque o mais legal na travessia é poder observar a deslumbrante natureza, e a ótima infraestrutura das empresas de turismo permite que você curta o tempo todo, sem se preocupar com mapas, entradas, navegação e outro “perrengues”.

images2

A travessia compreende 4 trechos de ônibus e 3 navegações em lagos e você pode optar por fazê-la em 1 só dia ou em dois dias pernoitando em Peulla, um pequeno vilarejo no lado chileno.

Eu, atravessei de Puerto Varas à Bariloche, em um só dia e achei melhor não abrir malas para pernoitar em Peulla.

A rota clássica, saindo do Chile, parte do lago de Todos os Santos com suas águas verde esmeralda tendo o vulcão Osorno como companhia. Depois de 2 horas de navegação, você chega em Peulla, e almoça e em seguida vai em frente ou fica para pernoitar. Segue o passeio pelo lago Frias, e chega até o píer de Pueto Alegre. De lá, continua pela rota 255 do Passo Vicente Péres Rosales até Puerto Blest, já em território argentino, onde toma-se um catamarã para cruzar o lago Nhuel Huapi, até San Carlos de Bariloche.

Detalhe: as operadoras de turismo buscam você no seu hotel em Puerto Varas e levam até no hotel onde você tem reserva em Bariloche. Mesmo que seja no Lhao Lhao, o hotel de luxo que fica em frente ao píer de chegada, porque o hotel fica no meio de um enorme e maravilhoso parque e a recepção é distante.

Existem muitas empresas turísticas que fazem a rota e todas são ótimas, os passeios bem organizados e funcionam como um relógio. Os barcos são muito confortáveis, as refeições são boas, e o passeio seguro.

A travessia dos lagos andinos, mais que uma rota clássica do turismo sul americano, é uma imersão na natureza selvagem, com a possibilidade de observar a vida animal, picos nevados, lagos esverdeados e paisagens exuberantes.
O silêncio que domina a região, ficou para sempre na minha memória afetiva, junto com a certeza da presença de um criador muito generoso.
Bye!

2 comentários sobre “A travessia dos lagos andinos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s