O inesperado vale do rio Reno!

IMG_1880Parte II

Neste post vamos falar das outras cidades ao longo do rio Reno que merecem uma visita, mesmo que seja “de passagem”. Existem muitas delas, umas pequeninas, outras nem tanto. Algumas na margem esquerda e outras na direita.

IMG_6822

Esqueci de dizer que o Reno nessa região, é servido por muitas balsas (ferry), e você pode passar de uma margem à outra sempre que quiser. Muito semelhante ao Lago de Como. Você pode conseguir no Turism Information , em Rudesheim, um mapa do rio com a marcação das paradas das balsas.

À propósito, Rüdesheim fica na margem direita e Bingen na esquerda, uma em frente à outra mas não há ponte entre elas, você vai precisar da balsa.

Então, além dessas duas cidades, seguindo em direção à Koblenz, recomendo outras que você não pode deixar de ver:

Oberheimbach-  Margem esquerda. Um vilarejo onde ficamos hospedados no delicioso Weinberg  Schösschen Hotel
Bacharach- Margem esquerda. Linda com boa infraestrutura.
Lorch- Margem direita. Tem bons hotéis.
Oberwesel- Margem esquerda. Tem boas cafeterias.
St. Goar- Margem esquerda. Tem um hotel chiquérrimo.
St. Goarshausen- Margem direita. Onde você pode acessar a estrada do mirante Loreleyfelsen.
Boppard-Margem esquerda. A mais encantadora das cidadezinhas, com ótimos restaurantes.

Estas cidades, tem muitas atrações em comum. São pequenas, tem uma rua central com casinhas que se “escoram” umas nas outras, tem igrejinhas pequenas e românticas, muitos restaurantes e cafeterias.  Talvez o maior atrativo  seja a arquitetura típica e comum entre todas.

Ao longo da rota, além da linda paisagem, você verá muitos castelos. Eles ficam geralmente no alto, porque sua principal intensão durante a construção, era proteção, e alguns estão melhor restaurados que outros. Alguns são propriedade particular, outros são hotéis, e ainda outros estão abertos à visitação. Você não precisa visitar todos, mas se tiver oportunidade escolha o que mais lhe interessar e aproveite. Nós visitamos dois castelos:

o Schloss Stolzenfels, inteiramente restaurado ( século 19) exige uma caminhada morro acima que vale à pena.

O Marksburg, também restaurado, mas mais antigo (século 13 e 15), que tem um acesso mais fácil podendo subir de carro até a metade do caminho.

Existe também na região, uma lenda de que antigamente barcos afundavam quando passavam perto de um rochedo porque nele havia uma “sereia” que encantava os navegadores. O nome dela era Loreley e nos dias de hoje, o rochedo onde ela sentava-se tem o mesmo nome. Na verdade o rochedo fica em uma curva onde do rio que é mais raso e por isso os navios encalhavam.
No fim da rota, chagamos a Koblenz, uma linda cidade de porte médio, que fica exatamente no encontro do rio Reno com o rio Mosel.

IMG_1749 - Copia

O rio Mosel é menor e também banha uma região produtora de vinhos digna de um post, que deixaremos para o futuro. Hoje nosso foco é o Reno e ele se abre gloriosamente quando encontra o Mosel em Koblenz.
Koblenz é uma cidade moderna e movimentada. Tivemos alguma dificuldade para achar o encontro dos dois rios e o teleférico que leva à fortaleza acima deles, mesmo usando o GPS, então fique esperto.

As atrações são muitas na cidade, e vai depender do tempo que você tiver para visitar, mas não deixe de ver o monumento que fica no encontro dos rios chamado Deutsches Eck. É impressionante a estátua do Kaiser Wilhelm I que foi destruída na guerra e reconstruída em 1993.
Em frente ao monumento, na outra margem do rio, tem uma antiga fortaleza que os alemães chamam de Festung. Hoje em dia o Festung Ehrenbreitstein é um espaço muito usado em apresentações e eventos. A vista lá em cima é linda e você pode subir pelo teleférico que fica  ao lado do monumento.
Logo atrás do monumento, você pode visitar a Basilica St. Kastor, que é muito bonita e pertinho.
Mesmo que você não tenha muito tempo, é possível ver essas atrações em apenas 1 dia, porque ficam muito próximas, então, não tem desculpas para perder Koblenz.
Essas são somente uma pequena mostra das muitas atrações que você vai encontrar no vale do rio Reno. Tem muito mais, no vale. Tem a educação e a cultura do povo germânico, tem as cidades que mais parecem casas de bonecas, tem as comidinhas especiais, tem os vinhos imperdíveis, enfim é um vale encantado!

Preciso pontuar algumas “roubadas” que você pode evitar na região:

– Um cruzeiro fluvial de 1 dia, não é o suficiente para conhecer o vale. Ele merece mais tempo e calma para ser apreciado.
-A região ainda não foi invadida pelos turistas, e isso é ruim? Claro que não, mas tem um lado negativo, o turismo não está tão desenvolvido ainda. Por exemplo, não são todas as atrações que atendem em inglês, em algumas delas, o idioma é só alemão, como também alguns restaurantes, e isso pode dificultar um pouco.
-O Rochedo Loreley, não passa de um rocha sem graça. Talvez a lenda seja mais interessante, portanto não espere muito.
-Os castelos medievais são imensamente mais bonitos vistos de longe, mais especificamente do rio. Por dentro, eles são escuros, fechados e claustrofóbicos. Então escolha um ou outro para visitar, e deixe o resto para ver  de longe, quando estiver passeando de barco pelo rio.
– A correnteza do Reno é muito forte, isso torna os passeios de barco muito lentos, então, se  você não quiser se entediar, escolha um passeio curto.
-Você pode percorrer a região de trem, mas note que as estações estão ao nível do rio, e algumas cidades, estão em um nível mais alto, logo, se você for do tipo “fitness”, sem problemas, mas se você não “encara” subidas facilmente, repense o trem.IMG_6340

Então, com atenção à esses pequenos detalhes, sua visita ao vale no rio Reno, vai com certeza ser inesperadamente encantadora! Eu me encantei.
Bye!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s