Atenas, a terra dos deuses!

1382e8455f4c82

A Grécia está no imaginário de todo turista e Atenas, sua capital, não poderia ficar de fora. Como não se apaixonar por um país com tradições milenares, mitos e lendas encantadoras, formado por inúmeras ilhas, banhadas por um mar azul anil? Difícil.

E se além tudo isso tudo eu ainda disser que sua comida é saudável e deliciosa e seus habitantes irresistivelmente hospitaleiros?  Fica impossível!
Então, a Grécia é assim, irresistível.
Se você vai visitar o país, comece por Atenas, sua capital e mergulhe na sua história com toda a curiosidade que ela merece, depois reserve alguns dias para conhecer suas paradisíacas ilhas.
Atenas foi uma poderosa cidade-estado que surgiu com o desenvolvimento do porto Pirineu, como centro artístico, estudantil e filósofo desde a antiguidade, a cidade sediou a Academia de Platão e o Liceu de Aristóteles, além de ser considerada o berço da civilização ocidental e da democracia. Atualmente é uma metrópole cosmopolita e o centro industrial, financeiro, político e cultural da Grécia, além claro, de ser deslumbrante.

DSC01531 - Copia

Atenas é uma cidade com aproximadamente 700 mil habitantes, e fácil de se conhecer. Mas as atrações, não ficam todas perto o suficiente para visitar caminhando. Você vai precisar se deslocar por algumas distâncias razoáveis e eu aconselho pegar o Sightseeng. Como você já sabe, de outros posts, acho o Sightseeng uma ótima maneira de se locomover entre as atrações turísticas, sem precisar de carro, além de dar uma noção geral do que tem para visitar.
Ou você pode contratar um city tour com guia, que além de leva-lo às atrações, ainda vai ensinar sobre a Grécia e suas histórias, que vale muito à pena.
Basicamente, podemos dividir Atenas em dois tipos de atrações: as ruínas da antiga civilização, que vou apenas listar e a cidade moderna e turística com atrações atuais e o bairro de Plaka, que é onde tudo acontece.
A hospedagem em Atenas não é cara, aliás, a cidade não é cara. Os gregos estão saindo de uma crise braba e sabem que o turismo pode ajuda-los muito. Procure um hotel no centro, o mais perto possível do Parlamento e do bairro de Plaka. Desta forma você poderá sair para “bater perna” no comércio e entre bares e restaurantes.
Atrações históricas que você “tem que ver”:

Acropole-de-Atenas-17

Acrópole– É uma colina rochosa de topo plano que se ergue a 150 m e que abriga algumas das mais famosas edificações do mundo antigo, como o Partenon e o Erecteion. Construída em 450 a.C. sob administração de Péricles, foi dedicada a deusa Atenas.

Além das ruínas dos dois edifícios, você ainda pode ver na Acrópole, o Propileu, um portoão monumental rodeado por colunas de mármore e os Teatros de Dionísio e o de Heródes Ático.

Templo de Zeus Olímpico– Na verdade são colunas em ruínas, mas pelo tamanho delas, você pode ter uma ideia da grandeza monumental que tinha o templo dedicado a Zeus. O maior de toda a Grécia.

Athens_-_National_Archeological_Museum_-_20060930

Museu Arqueológico Nacional– Fundado em 1891, reúne algumas das mais representativas descobertas da antiguidade.

aa09670e11d3a573a696745977bdd2c3
Monastiráki– O grande mercado tem todo tipo de loja, barracas e brechós que vendem de tudo e suas ruelas são animadíssimas.

agora-de-atenas

Ágora Antiga–  É uma região de escavações arqueológica que conserva algumas notáveis ruínas como o Templo de Hefesto.

Na moderna Atenas:

Bairro de Plaka– É o centro do agito em Atenas. Além da arquitetura bem preservada, oferece bons restaurantes e lojas. Fica aos pés da Acrópole, cidade alta, em grego.

A troca da guarda no Parlamento- É quase uma dança. Dois guardas com roupas muito diferentes, realizam uma coreografia interessantíssima. Não deixe de ver.
Além destas atrações “tem que”, gostaria de falar das roubadas que você deve evitar em Atenas:
– Nada de salto. Quando for visitar a Acrópole, use um sapato confortável, de preferência, um tênis. Lembre-se que a Acrópole é uma colina cheia de ruínas e turistas, logo fica difícil e perigoso andar pelas pedras e caminhos tortos.
-Cuidado quando contratar um guia. Pesquise a formação do guia que quer contratar, porque se ele for formado em história grega, você corre o risco de ficar longas horas em frente a uma coluna em ruínas escutando-o dissertar sobre toda a história da Grécia.  Prefira os guias turísticos, que falarão sobre história, mas de forma sucinta.
-Não ignore a comida típica. A culinária grega é maravilhosa, tanto nos salgados como nos doces e é um pecado não experimentar.
Por último, mas não menos importante, na moderna Atenas, não deixe de conhecer o metrô, ou mais especificamente, a estação de Syndagma. Ela foi construída na época das olimpíadas, e nas escavações claro, foram descobertas algumas relíquias da antiguidade e foram deixadas lá, para que o povo pudesse apreciar. Então a estação, tem um “que” de museu que vale a pena conhecer.

Então, como você pode ver, Atenas é mais que o caminho para as ilhas gregas. Ela é uma cidade histórica, envolvente e misteriosa. Para os amantes da mitologia, como eu, Atenas é  particularmente fascinante.
Deixaremos para falar das ilhas gregas principalmente Santorini e Mikonos, mais pra frente, pois em junho, vou visita-las novamente ( delícia) e aproveitarei para trazer dicas e sugestões fresquinhas.
Então, mais Grécia em julho! Prometido.
Bye

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s