Vale do Loire, castelos e mais castelos!

Pertinho de Paris, um mundo encantado.

almost-locals-mapa-vale-do-loire

O Vale do rio Loire na verdade não é um vale, é uma região da França, banhada pelo rio Loire, pontilhada por lindíssimos castelos e cuja a rota inteira tem aproximadamente 300 km. Mas não caia na cilada de estando em Paris, “tirar” um dia para visitar os castelos. O vale do Loire, é um programão romântico para ser curtido em dois ou três dias.
Mas se você está em Paris, não tem 3 dias sobrando, não sabe se vai voltar e quer muito conhecer o Vale do Loire, ok. Compre uma excursão em Paris, de um dia inteiro e eles vão leva-lo para conhecer 2 ou 3 castelos. Não vai conhecer o vale, mas vai ter uma ideia de como era a vida da nobreza da França nos tempos de ouro.
Bom, mas como minha ideia aqui é dar boas dicas, vamos lá: alugue um carro com GPS em Paris e saia em direção ao Loire. Essa sim, é a melhor maneira de conhecer o vale.
Como já disse, o trecho do rio Loire que concentra os mais lindos castelos, não é muito longo, são no máximo 300km de Paris até Angers, que é a cidade mais distante da rota.  Assim, você pode conhecer o Loire de duas maneiras: dormindo nas pequenas cidades, à medida que avança no roteiro e parando o suficiente para conhecer os castelos da vizinhança, ou escolhendo uma cidade no meio da rota, (eu aconselho Tours), para se hospedar e dela sair para conhecer os castelos da região.
Eu gosto mais da segunda opção, porque é mais confortável.  Você não vai trocar de hotel a cada noite, tudo fica perto além das estradinhas serem lindas e deliciosas de percorrer.
O turismo é forte no Loire, por isso também é bem estruturado com hotéis e restaurantes para todos os bolsos. Se você for em alta temporada ( abril, maio e junho), aconselho procurar no www.booking.com.br,  um hotel e fazer reserva, mas se quiser se aventurar, também vale. Foi isso que eu fiz. Na verdade, quando conheci o Vale do Loire, estava vindo da Brethanha, uma outra região linda da França, que fica no litoral, ao lado da Normandia, e estava indo em direção ao sul da França. Então, o Vale do Loire, pra mim, foi uma passagem, com tempo suficiente para conhecer e curtir, mas foi numa só direção.
As cidades mais importantes que você “tem que” conhecer no vale são em sequência de Paris à Angers:  Orleães, Blois, Amboise, Tours, Saumur e Angers. E para ajudar no planejamento, você pode considerar que conseguirá conhecer dois castelos por dia. Vou citar alguns dos mais lindos e famosos castelos da região, mas se você conseguir visitar uns 3 ou 4, já vai sair do Loire encantado. Por ordem de minha preferência pessoal:

Castelo de Chenonceau. Pra mim, o mais lindo, cênico e interessante. Tem tudo que a gente espera encontrar num castelo de conto de fadas, um jardim imenso e maravilhoso, tem uma arquitetura totalmente diferente “pousado” em cima do rio Cher, tem uma mobília de época muito bem conservada e uma história interessante. É chamado “castelo das damas”, por causa das sete senhoras poderosas que ali viveram, em especial Catarina de Médicis, a mais célebre de todas, que ali viveu depois que enviuvou de Henrique II.

Castelo de Cheverny. O mais elegante. O castelo inspirou Hervé, o autor dos quadrinhos das Aventuras de Tintim. Ok, você provavelmente não sabe quem era Tintim, não tem problema, o que interessa é o castelo. Cheverny não é tão antigo, nem tem tanta história, também não foi residência real, mas sempre foi propriedade particular dedicada à caçadas e seu mobiliário do século XVII está impecável. Se você tiver interesse em passear de balão, que é uma ótima ideia no Vale do Loire, é dos gramados do castelo de Cheverny que eles decolam.

Castelo de Villandry. Os mais lindos jardins do vale. E olhe que em geral todos os castelos tem lindos jardins, mas os de Villandry, são imperdíveis. O castelo também é bonito, também tem um mobiliário conservado mas os jardins renascentistas, projetados e criados somente no início do século XIX, portanto bem depois da construção do castelo, são magníficos e próprios para serem visitados em um lindo dia de sol.

Castelo de Angers. Uma grande fortaleza medieval com dezessete torres, fica no coração da cidade de Angers. Tem lindos jardins mas sua principal atração, é uma monumental tapeçaria com o tema do Apocalipse.

Castelo de Amboise. Sua arquitetura e história são muito interessantes. Situado verdadeiramente à beira do Loire, no alto, e com a cidade formada em seu entorno, foi palco de muitas disputas e intrigas que enriqueceram sua história.

Castelo de Chambord. O maior de todos e talvez o mais famoso. Diz uma lenda que Leonardo da Vinci, projetou suas duas escadas em duplas hélices. Não sei se é verdade, mas aquelas escadas são muito diferentes mesmo, e parecem saídas de uma cabeça muito especial.Chambord é enorme, e impressiona. Já foi cenário para muitos filmes, mas seu mobiliário é quase inexistente e os jardins, são sem graça.

Castelo de Blois. Residência de muitos reis e rainhas da França, o castelo está escondido no centro da cidade de Blois e o seu interior abriga o Museu de belas Artes, com obras muito interessantes.
Bom, esses castelos ou Châteaus, como dizem os franceses, são para mim, os mais interessantes, mas o Vale do Loire tem aproximadamente 300 deles e se você percorrer a região com calma e curiosidade, pode encontrar outra joia rara que também mereça uma visita.
O vale do Loire é um passeio romântico, onde você pode visitar muitos castelos, seus caminhos são charmosos e lindos e você vai sair de lá sentindo-se uma rainha ou rei.

Bye

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s