Vamos navegar?

DSC02346

Parte I

Você nunca fez um cruzeiro, mesmo tendo muita vontade de experimentar, porque sempre aparece um “medinho” que lhe impede? Bobagens! Cruzeiro é a maneira mais confortável, segura, luxuosa e econômica de viajar, e mesmo que pinte o “medinho”, arrisque-se!
Vamos as vantagens que um cruzeiro pode oferecer:
-É econômico. Pense que todas as refeições estão inclusas no preço, e não é pouca ou qualquer comida. É alta gastronomia.  E você pode comprar o cruzeiro que caiba no seu bolso, escolhendo bem o tipo de cabine que pode pagar, a duração, e pagar parcelado!
-É confortável. Você não vai precisar fazer e desfazer malas. Você chega na cabine, abre sua mala, guarda tudo nos armários como preferir e pronto. Daí em diante o “hotel” se desloca por você!
-É luxuoso. Transatlânticos equivalem a hotéis de luxo. Toda a decoração é luxuosa e o serviço é de primeira!
-Os roteiros são diferenciados. Você vai alcançar alguns destinos que dificilmente chegaria por terra
-Infraestrutura. Os navios tem excursões pré- programadas à destinos especiais, que você pode comprar à parte, as quais levam você com todo o conforto e segurança à lugares especialíssimos com guia! Tem também lojas, restaurantes, teatros, animadores, e assistência médica.
-Viajar distância maiores. De navio você conhece mais cidades do que visitaria por terra, pois pelo mar, viaja longas distâncias em menos tempo.
-Paisagens e fotos impossíveis em terra.

IMG_0212

Já tem motivos para pensar, não é?

Bom, como tenho que ser sincera, vamos agora as desvantagens de fazer cruzeiros, elas existem sim:
-O serviço é caro. As gorjetas são estabelecidas pela companhia, por dia por passageiro. E a conta vem mesmo. Algumas companhias, fazem pacotes de ofertas que incluem as gorjetas. É É uma boa ideia.
-Conhecer muitas cidades superficialmente. Os navios passam geralmente 1 dia em cada porto, então você vai ter uma visão superficial da cidade que visita.
-O mar nem sempre é calmo. É necessário escolher bem o mar do roteiro em que você vai se aventurar, se for sua estreia.
-Necessita informações mais detalhadas. Cruzeiro é um tipo diferente de passeio, então, você vai precisar de um mínimo de informações básicas, como essas que estou lhe passando.
Pronto. É isso! Não tem mesmo muitas desvantagens. E olha que procurei bastante.

_MG_2332

Agora vamos falar à respeito dos seus medos:
-O navio balança! Não! Os navios são enormes e tem estabilizadores. Você já notou, por exemplo, que os aviões grandões sacodem menos que os pequenos? Então com navios é igual. Para o navio balançar, você tem que ser muito azarada e pegar uma ventania sem proporções, ou tempestades surpresas, ou mesmo um mar difícil como os do extremo sul. Mas isso são coisas que podem acontecer em qualquer meio de transporte.  Claro que você pode ter uma sensação diferente de pouca firmeza no caminhar no começo do cruzeiro, mas com o tempo essa sensação passa.

IMG_0159

-Vou passar mal e vomitar a viagem inteira. Não! Existem remédios para melhorar seu mal-estar que resolvem tudo. E mesmo que você não os tenha levado, os médicos e enfermeiros do navio podem fornecer.
-Sofro de labirintite e não vou me divertir. Não! Eu tenho crises frequentes de labirintite, fico tonta até dançando e não sinto absolutamente nada em cruzeiros.
Minha dica se você ainda tem muitos medos: compre o seu primeiro cruzeiro curto, 3 ou 4 dias somente e escolha um mar calmo. Só para se sentir segura. Depois que testar e gostar, vá em frente e compre o próximo maior.
Como comprar um cruzeiro:
Escolha a região do mundo que quer visitar. Obviamente que você não vai achar um cruzeiro que realize todos os seus sonhos, então escolha um roteiro que te leve ao maior número possível de lugares sonhados.
De uma forma geral, os mares (Egeu, Báltico, Caribe, Adriático) tem águas mais calmas, assim como alguns oceanos (Pacífico e Atlântico sul) tem águas mais agitadas. Você vai precisar consultar um mapa, ou o Google Earth, como eu faço. Mas fique tranquilo, pretendo detalhar esse assunto mais à frente.Depois de escolher o destino, pesquise na internet as companhias marítimas que fazem esse destino.  Existem tantas companhias, que é impossível enumera-las todas aqui, mas posso citar algumas que costumo viajar e gosto muito: Celebrity Cruises, Royal Caribbean, Princess Cruises, Disney Cruises , Holland America, Norwegian Cruises (NCL) entre outras. Existem muitas outras boas companhias, mas não conheço todas, logo, não posso opinar. Também existem companhias de luxo muito exclusivas, como a Silver Cruises, por exemplo, que obviamente são maravilhosas, mas pouco acessíveis, à bolsos dos mortais.

IMG_0307

Mesmo me arriscando posso dizer que de todas as companhias que já viajei, a Celebrity é a melhor, um misto de modernidade, luxo e conforto, e com uma comida de primeira. Também correndo risco, posso dizer que não tive uma boa experiência com as companhias italianas: A Costa e a MSC. Não que não sejam boas, mas depois que você viaja com a melhor, seu nível de exigências sobe um pouco e não gostei da comida e da bagunça das italianas.
Eu procuro todos os meus cruzeiros na internet, e depois uso minha agente de viagem para compra-los. Mas você pode comprar sozinho na Internet mesmo, funciona bem e são super sérios. Minha opção pela agente de viagem, é por puro excesso de segurança, gosto de ter com quem reclamar diretamente se der algum problema.

Na compra do seu cruzeiro, você vai escolher o tipo de cabine. Existem muitos tipos ou classes de cabines, mas todas são confortáveis e até mesmo luxuosas.  Basicamente elas podem ser, internas  (sem janelas para fora), externas com escotilhas ( com janelas redondinhas), externas com janelas panorâmicas ( com janelas maiores), externas com varandas ( com varanda) e suítes ( com varandas maiores).  Existem ainda outras luxuosas e exclusivas que são bem caras.
Quando você for escolher sua cabine, tenha em mente a seguinte situação: imagine que o navio é um hotel luxuosíssimo, com todas as opções de entretenimento possíveis, e nele existem quartos desde o subsolo sem janelas, até a cobertura com vista infinita. O navio funciona igual. Se você não se importa de ficar num quarto luxuoso no subsolo, porque vai poder aproveitar todas as atrações do hotel, beleza , pode comprar a cabine interna. Ou você não se importa de ficar num quarto mais baixo, sem vista infinita, mas que ainda tem uma janela e você vai mesmo é curtir o hotel, compre uma cabine externa com janela. Mas se você gostaria de um quarto no alto com vista infinita e ainda todas as atrações disponíveis, sua cabine é a externa com varanda.
Além disso a distribuição das cabines nos decks (andares), também muda o preço, interessante saber que quanto mais alto o deck de sua cabine, mas caro ela custará. E no mesmo deck, as cabines do meio do navio (perto dos elevadores) também são mais caras que as das pontas.
Elas (as cabines) costumam ter classificações com letras, tipo AA  (as melhores), ou AB , BA, BC , etc, também costumam distribuir as cabines pares de um lado do navio e as ímpares do outro lado. Fica mais fácil para você “se achar” lá dentro.
Se você compra seu cruzeiro com antecedência, tipo 6 meses antes, geralmente vai encontrar ofertas que vão desde “Open Bar”, a free internet, free restaurantes especiais, free gorjetas, ou credito em dólar para gastar no barco.  E dependendo da cabine que você comprar, pode escolher uma delas ou mais.
Vamos precisar detalhar isso:
Open bar. Nos cruzeiros fora do Brasil  (os melhores), as bebidas são pagas, e a oferta Open bar, se refere a isso. Você vai poder beber tudo e todas sem pagar nada. Mas aviso que as bebidas no navio não são caras, e a não ser que você seja um grande bebedor, essa oferta não é bom negócio.
Free Internet. O acesso à internet no navio é cara, e você compra em pacotes. E nem pense em usar as operadoras, porque seria via satélite, e custaria os “olhos da cara”. Então se você quiser ficar on e usar wifi na cabine, é uma boa oferta.

IMG_0136

Free especialitates. Existem no navio, além dos restaurantes formal e casual (este 24hrs), que estão inclusos no pacote, alguns restaurante de especialidades culinárias como, italiano, japonesa, francês, etc, que você pode reservar  (porque são pequenos), para uma refeição especial e paga uma taxa fixada em dólares pelo acesso ( além da bebida). Na oferta, você pode usa-los sem pagar a taxa. Eu não acho muito interessante, já que no restaurante formal, o jantar é a lá carte e de graça. Vale a pena se você for um gourmet.
Free gorjetas, ou serviços. Os navios costumam incluir na sua conta a gorjeta pelos serviços bem salgada. Estamos falando de em média US12 por dia/ por passageiro.  Então, se você tiver essa oferta, aproveite.
Credito em dólares. Ótima oferta. Eu já ganhei US 300 para gastar no navio, paguei as bebidas e ainda comprei lembrancinhas no Dutty Free do navio.

IMG_0202

Bem, amigos leitores, vou ter que dividir este post em dois, e deixar as outras dicas para a próxima semana. Não fique triste, pois preciso detalhar bastante para poder ajuda-lo, e não gostaria de escrever uma bíblia cansativa. Até mesmo porque você pode se perder com tanta informação. Ok?
Então, até a próxima semana.
Bye!

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s