Viajar de carro

Olá!

20150625100347370398u

Então você tem vontade de alugar um carro e cair no mundo! OK. Vamos deduzir que você dirige razoavelmente, não entra em pânico quando pega numa via expressa e, se viaja com companhia, mantem controle o suficiente para não se estapearem dentro do carro! Porque isso é imprescindível! Então, tome coragem, pesquise, planeje, alugue e vá. É possível sim e delicioso. Vou mostrar como normalmente faço, mas não é necessariamente a única maneira.
Primeiro você precisa escolher uma região que gostaria de visitar. Digo região, porque implica em não percorrer enormes distâncias. Pode ficar muito cansativo e não esqueça, você vai dirigir! Então faça um roteiro escolhendo as cidades que você quer passar, sem se prender muito ao tempo em cada cidade. O legal é você deixar espaço para ficar mais tempo numa cidade que adorou e passar mais rápido em outra que não achou graça.Agora vamos detalhar isso. Escolha um aeroporto para chegada e saída – entregar o carro no mesmo lugar que retirou, é sempre mais barato – e procure na internet as locadoras de carro. Se for possível, escolha um aeroporto bem sinalizado e de médio porte para chegar e sair, porque chegar no Charles de Gaulle ,em Paris, por exemplo, não é fácil!
Não importa muito qual locadora, o importante é você depois de escolher o modelo (categoria) do carro, reservar e PAGAR! Isso sim é muito importante! Porque você chegará na locadora com um voucher  no valor que pagou e será mais difícil – não impossível – a locadora “empurrar” outro modelo, ou mais seguros. Se acontecer, pague. Não se estresse, pois não vale a pena. Documente tudo e deixe pra resolver quando voltar ao Brasil. Já recebi alguns reembolsos quando aconteceu comigo.
Outra coisa importante: seu carro precisa ter GPS, mas se não tiver embutido no painel (o melhor), as locadoras alugam à parte, por dia! Além disso, você vai precisar da Habilitação Internacional para dirigir, que pode ser feita no Touring Club do Brasil (www.touring.com.br). Nunca, em todas as minhas viagens, a locadora pediu, mas está escrito no Voucher que se você não apresentar, eles podem negar o carro e você não terá direito a ressarcimento. Então, não dê mole para o azar!
Assim que você receber o carro, na garagem, sente, respire, se acalme, porque você vai estar muito nervoso. Normal.
Próximo passo: Ainda no estacionamento, faça amizade com o GPS. Ninguém vai apresentá-los e você vai depender dele para tudo! A maioria deles tem opção para línguas e você pode escolher português de Portugal, mas se não tiver, você vai precisar digitar os endereços que deseja em inglês! Isso faz uma brutal diferença! Para isso, pesquise antes como se escreve em Inglês as cidades que vai precisar. E leve o tempo que precisar para entender o carro e o GPS. Lembre-se que quando sair do estacionamento, invariavelmente vai cair numa via expressa, com trânsito muito tumultuado.
Outra dica: planeje seu roteiro de forma que sempre que for trocar de cidade, possa sair cedinho da cidade que você está e chegar antes do anoitecer na próxima. Calcule a quilometragem, e assim, evitará o sufoco de chegar num lugar desconhecido à noite.
Você ainda vai precisar aprender a encher o tanque sozinha e a pagar pedágios de formas diferentes em diferentes países, mas isso é assunto para outro post.
Bye!

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s